Aula 2 – Primeiros exercícios e acordes

Antes de tudo vamos afinar o instrumento. Se você não possui um afinador eletrônico, poderá afinar o violão pelo site afinadoronline.com.br.

COMO UTILIZAR UM AFINADOR ELETRÔNICO

Existem diversos tipos de afinadores eletrônicos nas lojas. Porém, todos operam da mesma maneira. O afinador “escuta” o som quando você toca a corda e mostra no display que nota está sendo tocada. Você tem que comparar a nota que ele mostra com a nota que a corda deveria estar reproduzindo, conforme a tabela abaixo. Por exemplo, se você toca a corda6 e o afinador mostra a nota D, então o violão está desafinado, pois a corda6 precisa reproduzir a nota E. Nesse caso, deve girar a tarraxa correspondente a esta corda e ir tocando pra ver se o som do violão está se afastando da nota D e indo para a E. Se a nota estiver indo para C, então inverta o giro da tarraxa, pois você está soltando a corda ao invés de apertá-la. A corda estará afinada quando a luz verde da nota referente a corda acender, ou quando a nota aparecer no display sem os sinais # ou b, no caso de afinadores que tem display com uma tela.

Nomes das cordas (Não esquecer que as cordas do violão se conta de baixo pra cima)

6E, 5A, 4D, 3G, 2B, 1E


EXERCÍCIO 1

Vamos exercitar os dedos da mão direita, que dedilham as cordas. Use o dedo i (indicador) e m (médio) para tocar as cordas. É como se os dedos caminhassem nas cordas soltas. Primeiro a 1E, quatro toques. Depois a 2B e assim por diante. Quando chegar a 6E, volte uma a uma ate a 1E novamente. Os toques nas cordas devem ser iguais, com a mesma duração de tempo. Caso tenha alguma duvida, assista ao video abaixo.


EXERCÍCIO 2

Agora, exercitaremos os dedos da mão esquerda também. Vamos pressionar (sempre com a ponta dos dedos): dedo1 na casa1, dedo2 na casa2, dedo3 na casa3, dedo4 na casa4. Na mão direita, repetiremos os toques realizados no exercício 1, sem pressa.

Siga o dedilhado conforme a TAB abaixo. Os dedos devem permanecer em suas casas, ou seja, quando o dedo2 pressiona o dedo1 permanece pressionando na casa1 e assim por diante, no final da linha ficam os quatro dedos pressionando a corda em suas casas. Quando chegar ao final, volte corda por corda até a 1ªMI novamente. Mantenha regularidade no tempo.

-1-1-2-2-3-3-4-4-----------------------------------------------------------------
-----------------1-1-2-2-3-3-4-4-------------------------------------------------
---------------------------------1-1-2-2-3-3-4-4---------------------------------
-------------------------------------------------1-1-2-2-3-3-4-4-----------------
-----------------------------------------------------------------1-1-2-2-3-3-4-4-
---------------------------------------------------------------------------------


---------------------------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------1-1-2-2-3-3-4-4-
-------------------------------------------------1-1-2-2-3-3-4-4-----------------
---------------------------------1-1-2-2-3-3-4-4---------------------------------
-----------------1-1-2-2-3-3-4-4-------------------------------------------------
-1-1-2-2-3-3-4-4-----------------------------------------------------------------


ACORDE RÉ MAIOR (D)

Na TAB abaixo está representado o acorde de RÉ Maior, cuja cifra é D. Faça como no exemplo. Toque o acorde com o polegar, atingindo da corda 4 pra baixo. As cordas 5 e 6 não fazem parte deste acorde, portanto evite-as.

[Dedo 1 corda 3 casa 2] [dedo 2 corda 1 casa 2] [dedo 3 corda 2 casa 3]

—2———————–2—— (dedo2)
—3——————-3———- (dedo3)
—2————–2————— (dedo1)
—0———0——————–
—x——————————-
—x——————————-

O som deve sair limpo. Pressione as cordas com a ponta dos dedos. Não é necessário força, apenas firmeza e precisão.

ATENÇÃO!! Os dedos devem pressionar todos ao mesmo tempo. Se você pressiona um, depois o outro e depois o outro, então ainda não está bom. Continue treinando, até que os dedos cheguem juntos nas casas e cordas corretas, todos ao mesmo tempo.

Para aprender mais rápido: não adianta seguir em frente se você não estiver conseguindo fazer exatamente igual ao vídeo, é perda de tempo avançar sem estar dominando por completo o conteúdo na etapa em que você está. Quem faz isso normalmente acaba tendo que retroceder tudo de novo. O aluno que repete 30 vezes um exercício dominando-o por completo em um ou dois dias, aprende muito mais rápido do que aquele que faz uma ou duas repetições mal feitas e vai avançando várias aulas por dia sem dominar totalmente os exercícios. Lembre-se que o segredo é disciplina e força de vontade. Pode confiar, os resultados começam a aparecer de verdade, é só seguir esta regra sem fazer concessões à preguiça.

Portanto, relaxe e repita muitas vezes o exercício até ficar igual ao vídeo, enquanto não estiver igual ao vídeo é porque não está bom. Então continue repetindo, pois um dia ficará idêntico e aí sim você deve avançar para o próximo exercício.


ACORDE LA7 (A7)

O próximo acorde se chama LA7 (LÁ com sétima, ou LÁ sete), a cifra ficará assim: A7. Mas não confunda, você NÃO vai pressionar a casa7, apenas o acorde tem esse nome (A7) porque utiliza uma dissonância de 7º grau, não sendo oportuno explicar o significado disso agora. Neste acorde, evite tocar a corda 6.

—0———————————-0——
—2—————————-2———— (dedo2)
—0————————0—————-
—2—————–2———————– (dedo1)
—0————0—————————-
———————————————-

Sempre descanse a mão esquerda um pouco entre um exercício e outro.


ENCADEANDO OS ACORDES

Vamos tocar os acordes D e A7 em sequencia, apenas descendo o polegar direito pelas cordas. Não toque nas cordas que não pertencem ao acorde. Lembre-se: se há o número 0 (zero) toque a corda solta, mas se não tem número nenhum, então não toque esta corda. Os dedos da mão esquerda devem chegar pressionando as cordas ao mesmo tempo. Evite ficar catando as casas e cordas com um dedo de cada vez.

O símbolo “|:” indica o começo do trecho. As barras verticais | indicam separação entre compassos, aqui temos um acorde em cada espaço destes. No final do trecho aparece o símbolo “:|” que significa voltar e repetir a sequência desde o símbolo “|:”, sendo que a informação 4x significa repetir tudo 4 vezes.


CANTIGAS PARA PRATICAR

A melhor maneira de praticar os dois acordes aprendidos é através de cantigas infantis. Segue uma sequencia de cantigas para você praticar de maneira divertida os encadeamentos de acordes. As cantigas também ajudam a perceber o momento de trocar os acordes. Tente praticar sem ficar olhando as notas, mas percebendo de ouvido a combinação da melodia com os acordes.

Toque com o polegar pra baixo nas cordas, conforme a ocorrência do acorde sobre as silabas. Deve prestar atenção à seguinte regra:

  • acorde D: não toque nas cordas 5 nem 6
  • acorde A7: não toque na corda 6

[melodia]
---------------------------------------------------
---------------------------------------------------
-2-2---------2-2-2---------0-0-0---2-2-4-2-0-------
-----4-0-0-4-------4-2-2-4-------2-----------4-2-0-
---------------------------------------------------
---------------------------------------------------

---------------------------------------------------------- -------------------------------------------2-0------------ -----2-2---------2-2-2---------0-0-0---2-2-----2-0-------- -0-4-----4-0-0-4-------4-2-2-4-------2-------------4-2-0-- ---------------------------------------------------------- ----------------------------------------------------------

Normalmente as musicas cifradas não mostram cifras se repetindo como na forma acima. O motivo é que não é necessário ficar repetindo. O acorde deve ser tocado até que surja um próximo acorde diferente. Observe no exemplo abaixo:

-----------------------------------------------------------------
---3-3-----------3-3--------------3-3-------3-3-------3---0-2-3--
-2-----2-4-2---2-----2-4-2-0--2-2-----2-4-2-----2-4-2---2--------
-------------4---------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------
-----------------------------------------------------------------

Por se tratarem de musicas conhecidas, você deve instintivamente encontrar o andamento da cação, a velocidade dela, e ir procurando tocar da maneira mais simples possível, apenas passando o polegar nas cordas de cima para baixo. Com o aprendizado de novos ritmos, você poderá tocá-las usando os novos ritmos aprendidos, inclusive criando novas versões inventadas por você. Inventar novas formas de tocar e cantar uma canção, dividindo a letra em métricas diferentes, é também bastante útil no aprendizado.

Segue mais uma que fala de sapos.

Outra conhecida de todos, para praticar.

Mais uma. Vamos lá.

Observe que o acorde D tem função de iniciar e finalizar estas cantigas. o acorde A7 é o chamado acorde dominante. A função do A7 é oferecer mudança e deslocamento na harmonia. Perceba que a tensão que o A7 provoca é perfeitamente resolvida quando se retorna ao acorde D, que é chamado acorde de tônica, porque dá o tom da música. Este movimento perfeito de resolução entre os dois acordes chama-se cadência.

No caso [ A7 -> D ] estamos executando a cadência Dominante/Tônica, em tom de Ré Maior.

Alguns aprendem mais rápido do que outros. Você devera observar o seu ritmo de aprendizagem e continuar o curso de acordo com seu ritmo. O importante é fazer e refazer os exercícios diversas vezes. Toque sempre com métrica, uma batida por segundo. Pouco adiantará fazer os exercícios sem um tempo regular.

Até mais!

79 comentarios

Batista

Boa tarde mestre.
Fiz o pagamento do boleto a pouco. Poderia por favor verificar quando irá postar a vídeo aula?
Sem mais, fico no aguardo e parabéns pelo site.

Ricardo San

Encontrei seu site na revista violão sem professor, sem dúvida nenhuma , é um excelente curso para iniciantes. Parabéns e muito sucesso.

Denis

Olá Zé, parabens as aulas são muito boas, gostaria de saber se tem uma regra especifica quanto a batida no violão com a mão direita, nos exercicios noto que tem somente o treinamento de dedilhado, quanto a tocar em todas as cordas, com qual dedo deve ser?
Pra quando ta previsto seu novo DVD?
Abraços

Ronaldo Rodrigues

Zé, gostaria de pedir a permissão a vc para utilizar esse conteúdo do seu site para ministrar aulas! Pois estou com a ideia de fazer um trabalho filantrópico, para ensinar algumas pessoas do meu bairro que tem o interesse, mas não conseguem aprenderem só, e tbm não podem pagar uma aula de violão. E seu conteúdo seria ótimo para passar para eles, pois é completo e fácil de assimilar, e lógico, não deixarei de dar os créditos a vc, e informando o endereço de seu site.
Gostaria muito da sua ajuda nessa iniciativa, desde já agradeço por qualquer retorno da sua parte!

    ZeDoBelo

    Oi Ronaldo, É uma excelente ideia a sua. Fique à vontade para utilizar o material do site no seu trabalho.
    Inclusive fico lisonjeado de saber que meu site estará vinculado à sua nobre iniciativa. Boa sorte, amigo!! Um Abraço.

Jo

Seu site é ótimo, o melhor que já encontrei! Não entendo a composição dos acordes. Por exemplo o acorde de RÉ Maior é representado pela cifra D e é composto por:RÉ, Lá, RÉ, e FÁ# ? Não deveria ser somente por notas de RÉ? (Se falei besteira é porque não conheço quase nada de música rsrsrsrs) 🙂

    ZeDoBelo

    oi Joyce, é que os acordes são compostos, no mínimo, por 3 notas diferentes. Caso você queira conhecer melhor as regras que regem um acorde, basta ler as aulas de Teoria Musical, obrigado pelos elogios, um abraço!

Mariana

Nossa nem acredito! Tipo, é a segunda vez que tento aprender violão… Da primeira todo mundo falava pra eu desistir porque eu não conseguia fazer as coisas mais básicas. (violão de aço)

Daí dessa vez achei esse blog, comprei um violão de nylon, me tranquei no quarto e tava decidida! Tipo, no primeiro dia eu não conseguia fazer nada, nem por o dedo nas cordas direito…

Aí fiquei 8 horas por dia treinando igual louca e fui fazendo as aulas na sequencia, msm quando eu achava bobeira. Não sai de nenhum exercício ate terminar ele.

E hoje toquei minha primeira musiquinha aqui a Aula 2. Tô muito feliz porque nunca achei que eu ia conseguir. Minha mão era muito “marreta de madeira”, mas agora eu to ficando decente.

Muito obrigada! Realmente, com dedicação todo mundo consegue. Alguns precisam de mais prática que os outros (eu por exemplo), mas depois de 3 dias já consigo tocar 2 acordes! Feliz 🙂

Espero continuar avançando! Mas agora tô bem mais empolgada!

Beatriz Sousa

muito boa esta aula, nunca vi outra melhor que essa. Obrigada por estar ensinando, VALEU MESMO!!!

ELIENAY

MUITO BOA SUAS AULAS. ESTOU ME DEDICANDO P/ TOCAR NA IGREJA.
VOCÊ PODERIA ME DISPONIBILIZAR POR E-MAIL OS VIDEOS POSTADOS NAS AULAS..???. ASSIM VOU PRATICAR MELHOR …
PARABÉNS

    Zé do Bêlo

    oi Elienay, com dedicação você vai conseguir chegar lá. Os videos eu não tenho mais na máquina, estão todos no youtube… mas mesmo que eu os tivesse, é impossível enviar vídeo por e-mail, porque são arquivos muito grandes, de 50MB a 180MB. Agradeço os elogios, boa sorte nos estudos!

DARLENE

curto violão mas eu queria aprender os ritmos:valsa,arpejomarcha,guaranha
canção,balada,valsa ranheira,jovem,cauntry,sei os acordes básicos mas pretendo avançar.
,

    admin

    Oi Darlene, alguns destes ritmos eu já ensino nas aulas aqui do site, outros eu deverei estar postando numa nova categoria que se chamará Ritmos no Violão, em breve. Abraços!!

Roberta

oi Zé, eu consigo fazer bem tudo, o ritmo , as notas, só que não entendo mto os ritmos que a tablatura faz, eu posso pular pra outra aula, e usar ritmos meus?

    admin

    Divino, já existem nas lojas violões para canhotos. O aprendizado é igual ao destro, apenas inverta as imagens.

Vitor

Oi, Zé. To com um probleminha, fico com dor ao movimentar a mão. É normal? Ainda estou praticando exercício do acorde RÉ Maior e sempre fico dor ao movimentar a mão, é mais ao menos no pulso.

    admin

    Oi Vitor, talvez esteja pressionando com muita força… é normal a dor na ponta dos dedos enquanto não criar calos, mas no pulso tá estranho… acho prudente consultar um médico. Abraço, boa sorte!

Paulo

Parabéns, adorei seu método. Experimentei e ate consegui tocar na 1ª aula. Vc poderia postar mas musicas pra crianças tipo ninar ou pra alegrar numa sala de aula infantil. Obrigado.
Att. Paulo Alencar

Luis henrique

No acorde de Ré Maior(D), consegui os acordes com a mão esquerda; só que eu não entendi o que devi fazer com os dedos da mão direita e no video não mostra, o que devo fazer? o mesmo dedilhado do exercício 1?

José Renato

O Site é bom, vejo essas cantigas interessantes de aprender é bem facil mesmo, eu ganhei um violão com 11 anos e começei a fazer aula o professor parou de dar aula ai o violão fico guardado por 4 anos, agora eu vou tentar de qualquer forma aprender

    José Renato

    Meu violão é de corda de aço, antes eu tinha acustumado com ele , mas agora meus dedo tão pegando fogo

Lucas Lauro

Olha… estou com um probleminha……
Assim, eu já aprendi como tocar o acorde D, e o acorde A7 (entre outros), sei que algumas cordas não devem ser tocadas. Mas quando esses acordes são usados em musica mais rápidas eu toco as cordas que eu não deveria tocar. Já tentei parar mais falhei.
Isso é um erro muito grave? Será que uma palheta resolveria o meu problema? Oque devo fazer?
E parabéns por essa iniciativa. Faz pouco tempo que eu ganhei meu violão, e me informaram sobre esse site, e comecei minhas aulas aqui. Achei excelente cara……..

    admin

    Lucas, no começo é difícil ter controle, por isso acaba tocando em todas as cordas, o problema é que o som sai muito sujo. Com treino diário você consegue melhorar isso e tirar um som mais limpo do violão. É só continuar praticando, mas procure não movimentar o braço, concentre no pulso e nos dedos, boa sorte!

ANTONIO T DE LIMA

Oi zé, tudo bom. Eu já toco as musicas com os acordes D e A7, Não estou tocando 100%
mas toco,Eu queria saber si já posso ir prá 3ª aula.

Rosana Sampaio

Estou gostando muito de seu novo arranjo. As músicas são mais curtas e fáceis. Estou conseguindo tocar junto contigo . Muito bom.

Rosana.

Jeronimo

legal, estava procurando um local que a pessoa ensina e não cobra, ja to com o violao a alguns dias, to adorando, apesar de o dedo ta doendo bastante ainda, mas to sentindo cada vez mais vontade de aprender, e pelo visto suas aulas são bem funcionais. Bom trabalho.

itamar

Ola Zé, estou iniciando meu aprendizado com você, espero aprender muito pois e meu primeiro dia e vou me es forçar para isto dar certo; Muito obrigado!

    admin

    Yasmin, deve ser a sua máquina, pois os vídeos aqui do site estão todos no youtube. Tente outro navegador.

    admin

    Giulia, o violão nylon é mais amigável para aprender, já o violão aço machuca um pouco os dedos quando pressiona. Boa sorte!

ALEXANDRE - MINHAS GERAIS

Parabéns, sua iniciativa é espetacular. Comprei um violão e estou gostando muito das dicas e aulas que você partilha conosco aqui no blog. Você é iluminado.

Paulo Roberto Frnandes

ola amigo zé parabens pelo seu blog, comprei um violaoe nao sei nada sobre o instrumento mas como tinha muita vontade de ter um e saber usar, pois acho um dos instrumentos mais completos e belos, o adorando suas aulas..tenho vontade de apreder vamos ver no que vai dar ate lá…obrigado

Emerson

Zé eu nao estou conseguindo tocar a melodia rapidamente, eu treino ate eu conseguir ou eu posso passar para a proxima aula q isso vem com o tempo??

Comente

  • *preenchimento obrigatorio